Seca agrava-se, mas ainda é moderada
Publicado | 2019-01-29 04:42:53
 
O sul do País tem agravado a seca meteorológica com a falta de precipitação de Janeiro, no entanto a situação ainda não é preocupante, segundo o Instituto português do Mar e da Atmosfera.
 
Por seu lado a CAP mostra-se preocupada com a falta de chuva e pede ao Governo a criação de um grupo de trabalho para estudar as alterações climáticas. 

Recordamos que segundo o Boletim Climatológico do IPMA, o mês de Dezembro em Portugal Continental classificou-se como quente em relação à temperatura do ar, com a temperatura máxima a alcançar o terceiro valor mais alto em 87 anos, e muito seco em relação à precipitação.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
19 22
7 7
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda