Protocolo para a electrificação da serra de Serpa
Publicado | 2019-01-17 04:04:29
 
A Câmara Municipal de Serpa aprovou, na sua última reunião a proposta de protocolo de cooperação com a EDP que visa a electrificação de mais 25 habitações na Serra de Serpa.
 
O protocolo prevê que a EDP comparticipe com 85 por cento, cabendo à Câmara Municipal e aos proprietários pagar 15 por cento do total, o que corresponde a cerca de 83 mil euros. 

Recordamos que a electrificação da Serra de Serpa, teve início em 2012, com a electrificação de mais de 200 casas e explorações agrícolas. O Executivo Municipal, tem vindo a manter reuniões com a Associação de Moradores da Neta e do Pulo do Lobo, bem como com a EDP, tendo em vista o desenvolvimento do concelho, uma vez que a electricidade permite que pessoas e empresas se fixem naquele território. A Câmara Municipal de Serpa tem vindo também a melhorar os acessos nomeadamente com o asfaltamento da Estrada Municipal 514 que liga Serpa a Cabeceiras de Vale Queimado e a construção da Estrada Municipal 520, que liga Serpa a Paymogo (Espanha).
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 25
8 8
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda