Aumento do desconforto térmico até 12 de Janeiro
Publicado | 2019-01-10 04:23:51
 
Segundo informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera a partir da madrugada de hoje, prevê-se a substituição gradual de uma massa de ar polar, por uma massa de ar com características de ar Árctico sobre Portugal continental, transportada do interior do continente Europeu.
 
Como consequência, a temperatura mínima deverá descer hoje no interior Norte e Centro, especialmente na Beira Alta, onde nas terras altas, as descidas poderão ser da ordem de 5 a 8°C. Assim, os valores da temperatura mínima deverão variar genericamente entre 2 e 6°C, sendo inferiores no interior Norte e Centro, onde variarão aproximadamente entre -4 e 1°C. No dia 11, a descida estender-se-á ao restante território (descidas da ordem de 2 a 4°C), mantendo-se os valores baixos pelo menos até dia 12. Prevê-se igualmente uma descida dos valores da temperatura máxima no dia 11 em todo o território. No dia 11, a temperatura máxima deverá variar aproximadamente entre 10 e 14°C, sendo inferior no nordeste transmontano e na Beira Alta, onde será inferior a 8°C, e ligeiramente superior em alguns locais do litoral Sul. Adicionalmente, prevê-se um aumento do desconforto térmico até dia 12, devido à intensificação do vento do quadrante leste. Prevê-se igualmente formação de geada a chegar junto ao litoral. De referir que desde o início de Janeiro têm-se verificado noites frias, isto é, valores da temperatura mínima do ar inferiores aos valores médios e mesmo inferiores aos valores que só ocorrem em 10% dos casos. De realçar, no entanto, a ocorrência de dias quentes, isto é valores de temperatura máxima superiores aos valores médios e mesmo superiores aos valores que só ocorrem em 10 % dos casos. 
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
14 12
8 5
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda