PCP questiona electrificação da Linha do Alentejo
Publicado | 2019-01-07 04:19:30
 
O grupo parlamentar do PCP questionou o Ministro do Planeamento e das infraestruturas sobre o investimento na ligação ferroviária entre a Casa Branca e a Funcheira.
 
O deputado do PCP eleito por Beja, João Dias, em declarações à Planície sublinhou que “as questões que foram colocadas ao Governo têm como objectivo o desenvolvimento do distrito de Beja que requer uma adequada política de mobilidade, que combine os diversos modos de transporte de pessoas e de mercadorias, o que exige infraestruturas adequadas e adequadas políticas de transporte. Nesse sentido, a electrificação e modernização da Linha do Alentejo entre Casa Branca e Funcheira assume uma importância fundamental, permitindo não apenas o desenvolvimento regional mas também desde logo a capacidade operacional da rede ferroviária no seu conjunto, pelas possibilidades que permitirá na garantia de circulação como solução alternativa e complementar à linha do Sul.”

João Dias adiantou ainda que “por diversas vezes o PCP tem questionado o Ministério do Planeamento e Infraestruturas quanto à necessidade de investimento na infraestrutura ferroviária que liga Casa Branca – Beja – Funcheira, sendo que o Ministro reiteradamente anunciou que o Governo iria lançar até ao final do ano de 2018 o(s) concurso(s) público(s) para os projectos técnicos da electrificação da Linha entre Casa Branca e Beja.

Notícias vindas a público dão conta de que as equipas técnicas já estarão no terreno a proceder à primeira verificação do traçado ferroviário entre Beja e Casa Branca, tendo em vista a elaboração do projecto de electrificação da Linha do Alentejo. Mas ainda não temos conhecimento do que se trata.” 

O parlamentar questiona sobre “quais as razões concretas que levam o Governo a decidir que os projectos técnicos para a electrificação da Linha do Alentejo se realizem apenas para o troço entre Casa Branca e Beja, excluindo a restante ligação até à Funcheira e Linha do Sul?  Em concreto, que trabalhos estão a decorrer no terreno?  Já foi lançado o concurso público que o Governo anunciou fazer até final de 2018?”
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 21
6 5
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda