PCP questiona electrificação da Linha do Alentejo
Publicado | 2019-01-07 04:19:30
 
O grupo parlamentar do PCP questionou o Ministro do Planeamento e das infraestruturas sobre o investimento na ligação ferroviária entre a Casa Branca e a Funcheira.
 
O deputado do PCP eleito por Beja, João Dias, em declarações à Planície sublinhou que “as questões que foram colocadas ao Governo têm como objectivo o desenvolvimento do distrito de Beja que requer uma adequada política de mobilidade, que combine os diversos modos de transporte de pessoas e de mercadorias, o que exige infraestruturas adequadas e adequadas políticas de transporte. Nesse sentido, a electrificação e modernização da Linha do Alentejo entre Casa Branca e Funcheira assume uma importância fundamental, permitindo não apenas o desenvolvimento regional mas também desde logo a capacidade operacional da rede ferroviária no seu conjunto, pelas possibilidades que permitirá na garantia de circulação como solução alternativa e complementar à linha do Sul.”

João Dias adiantou ainda que “por diversas vezes o PCP tem questionado o Ministério do Planeamento e Infraestruturas quanto à necessidade de investimento na infraestrutura ferroviária que liga Casa Branca – Beja – Funcheira, sendo que o Ministro reiteradamente anunciou que o Governo iria lançar até ao final do ano de 2018 o(s) concurso(s) público(s) para os projectos técnicos da electrificação da Linha entre Casa Branca e Beja.

Notícias vindas a público dão conta de que as equipas técnicas já estarão no terreno a proceder à primeira verificação do traçado ferroviário entre Beja e Casa Branca, tendo em vista a elaboração do projecto de electrificação da Linha do Alentejo. Mas ainda não temos conhecimento do que se trata.” 

O parlamentar questiona sobre “quais as razões concretas que levam o Governo a decidir que os projectos técnicos para a electrificação da Linha do Alentejo se realizem apenas para o troço entre Casa Branca e Beja, excluindo a restante ligação até à Funcheira e Linha do Sul?  Em concreto, que trabalhos estão a decorrer no terreno?  Já foi lançado o concurso público que o Governo anunciou fazer até final de 2018?”
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
29 30
11 16
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda