UE vai proibir praticamente todos os plásticos de utilização única
Publicado | 2018-12-24 04:44:12
 
Um acordo em Bruxelas dita a proibição de alguns plásticos de utilização única, como cotonetes, palhinhas e talheres de plástico, a partir de 2021.
 
Os negociadores dos estados-membros da União Europeia (UE) e do Parlamento Europeu chegaram a um acordo para proibir a maioria dos plásticos de utilização única. A medida pode entrar em vigor já em 2021. 

"O lixo marítimo é um problema global cada vez maior", lê-se num comunicado do Conselho de Ministros do Ambiente da UE, que chegou a um acordo sobre a restrição do uso de plásticos.

Segundo um comunicado, se nada for feito, em 2050 haverá mais plásticos do que peixes no mar.

Estima-se que mais de um milhão de aves e 100.000 mamíferos marinhos morrem a cada ano como resultado dos resíduos plásticos que chegam ao mar, incluindo palhas, que podem demorar até 500 anos para se decomporem no meio ambiente, de acordo com um relatório da Greenpeace.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 21
6 5
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda