Seis detidos no Alentejo por suspeitas de tráfico de pessoas
Publicado | 2018-12-20 04:30:11
 
Ontem foram detidos seis indivíduos, no Alentejo, por suspeitas de tráfico de pessoas, auxílio à emigração ilegal e associação de auxílio à imigração ilegal, numa operação que identificou mais de 200 estrangeiros em situação de exploração laboral.
 
Em comunicado divulgado na sua página de Internet, o Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Évora indica que as detenções foram feitas, na terça-feira, em várias localidades do Baixo Alentejo.

Segundo o DIAP de Évora, a operação, que contou com a participação de elementos do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), envolveu a realização de "diligências de busca e apreensão" em cumprimento de mandados de busca domiciliária e não domiciliária. Durante as buscas, adianta, foram apreendidas "quantias em dinheiro, automóveis, munições e tabaco", além de terem sido "identificadas mais de duas centenas de cidadãos estrangeiros em situação de exploração laboral".

Quanto aos seis detidos, todos de nacionalidade romena e com idades entre os 22 e 47 anos, refere o comunicado, vão ser presentes a tribunal para o primeiro interrogatório judicial e aplicação de eventuais medidas de coacção.

O DIAP de Évora realça que "as vítimas, oriundas de países do leste da Europa, eram colocadas em território nacional e sujeitas a exploração laboral em tarefas agrícolas".
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
37 35
20 18
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda