CDU acusa autarquia de Moura de cortar verbas para as freguesias
Publicado | 2018-11-27 04:12:17
 
“A proposta apresentada pelo Presidente da Câmara Municipal de Moura, na reunião de 21 de Novembro, sobre os Acordos de Cooperação com as Freguesias, insiste num corte relativamente ao mandato passado, sendo agora de 35%, a nível global, em vez de 40%, mas atingindo, no caso da União de Freguesias de Safara e Santo Aleixo da Restauração, a percentagem de 48%.”
 
Segundo nota de imprensa, da Concelhia de Moura da CDU, acerca da manutenção de cortes nas verbas para as freguesias do concelho.

Rui Bebiano, da CDU de Moura, afirmou à Planície, que em relação ao acordo de execução com as freguesias, os comunistas votaram a favor, já relativamente aos acordos de cooperação votaram contra, devido à redução dos montantes para as freguesias serem significativos. 

O representante da CDU considera também que há uma imposição, por parte da Câmara, na orientação das verbas, não respeitando a autonomia das freguesias.

Na nota de imprensa, enviada, os comunistas salientam que os vereadores eleitos da CDU apresentaram, para cada freguesia, uma proposta alternativa que tinha por base “Manutenção do valor global que era transferido anualmente no mandato anterior; Distribuição das verbas tendo em conta os critérios anteriores (50%) e os agora propostos (50%) e introdução de uma correcção final para impedir que nenhuma Junta de Freguesia receba menos que anteriormente.”

Por último, a CDU acusa o executivo do PS de manter os cortes nos acordos de cooperação com as Juntas de Freguesia, votando contra a proposta apresentada pelos comunistas.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
14 16
6 6
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda