Centro Tecnológico Agroalimentar do Alentejo em Serpa
Publicado | 2018-11-21 03:53:31
 
O município de Serpa apresentou ao Alentejo 2020 a candidatura para a criação do Centro Tecnológico Agroalimentar do Alentejo (CETAA), num investimento perto dos 2 milhões de euros.
 
O presidente da Câmara Municipal de Serpa, Tomé Pires, sublinhou à Planície que esta infraestrutura “tem como objectivo dinamizar e apoiar as actividades de investigação aplicada, de desenvolvimento tecnológico e de inovação empresarial junto da fileira alargada do sector agroalimentar, bem como desenvolver valências tecnológicas e de gestão de apoio às PME do sector, promover formação técnica e tecnológica e prestar serviços especializados. É uma forma de atrair pessoas, estes projectos servem para a criação de emprego, riqueza e para o desenvolvimento sustentável da região.”

Estão envolvidas neste projecto mais de 100 entidades, entre empresas, autarquias e instituições, locais, regionais e nacionais, destacando-se o apoio da Universidade de Évora, do CEBAL e do NERE - Núcleo Empresarial da Região de Évora e de vários municípios e empresas do sector agroalimentar de Portugal e Espanha.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
14 16
6 6
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda