Vereadores da CDU votam contra Orçamento e GOP de Moura para 2019
Publicado | 2018-11-05 04:21:47
 
Na passada semana foi aprovado, em reunião de câmara, as Grandes Opções do Plano e Orçamento do Município de Moura para 2019, com os votos a favor dos vereadores do PS e votos contra dos vereadores comunistas, sendo ainda submetido, neste mês de Novembro, para apreciação em Assembleia Municipal.
 
André Linhas Roxas da CDU de Moura explicou à Planície a razão porque votaram desfavoravelmente, salientando que “Após ter sido facultada uma listagem de realizações a considerar nas Grandes Opções do Plano para 2019, a CDU colocou em discussão 4 pontos concretos que considera essenciais para integração nas GOP 2019, a saber: A rejeição do processo de transferência de competências para 2019, no modo em que foi colocado pelo Governo ao Município de Moura; O princípio da manutenção do sector da água em baixa na esfera do Município, rejeitando qualquer hipótese ou cenário de agregação ou privatização; A reposição dos Acordos de Cooperação com as Juntas de Freguesia do Concelho de Moura nos valores praticados em 2017 e a contemplação em GOP da intervenção da ligação entre a rua das hortas e a rua do areeiro no Bairro do Sete e Meio em Moura.

Nenhuma destas questões consta da proposta de Grandes Opções do Plano e Orçamento apresentados pela maioria PS.” 

Para André Linhas Roxas, o que de positivo, os documentos contêm resulta da continuidade de iniciativas e projectos que têm a marca da CDU e que a população e as entidades do concelho tornaram irreversíveis.

Salientando também que não se vislumbra qualquer nova visão estratégica para o concelho.

O comunista adiantou ainda que “em suma, em 2018 referimos que “a montanha pariu um rato”. Em 2019 o “rato” manter-se-á quieto, sem rumo.”
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
18 21
8 10
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda