Protesto contra parecer da escola de pilotos em Beja
Publicado | 2018-10-25 04:27:24
 
A deputada do PSD eleita por Beja, Nilza de Sena, não entende por que razão a Força Aérea Portuguesa deu um parecer desfavorável para a instalação de uma escola de pilotos no aeroporto de Beja.
 
A deputada em declarações à Planície salientou que é mais uma machadada no desenvolvimento da região. “Depois de compromisso assumido por parte de várias entidades, entre as quais o Instituto Politécnico de Beja, a ANA Aeroportos e a Câmara de Beja, é com estranheza que se conhece a decisão da Força Aérea.”  

Nilza de Sena critica esse parecer desfavorável e considera que o Ministério da Defesa deve pronunciar-se sobre o assunto. “Quem tem de dar resposta sobre o tema é o Ministro da Defesa, pois é o Governo quem decide. Não chega ter sempre o discurso da valorização do interior na ponta da língua e depois recusar qualquer transferência de serviços para a região. Penso que o Governo deve dar as explicações que a Força Aérea não deu, sob pena de parecer que se estão a esconder atrás da decisão da FAP. É preciso saber se o Ministro se revê nesta posição discriminatória para o distrito de Beja”. 

A parlamentar do PSD, diz que questionará o Ministro da tutela na primeira vez que este se deslocar ao parlamento para prestar esclarecimentos, por considerar que esta decisão não tem fundamento técnico nem político. Nilza de Sena convida igualmente os outros deputados eleitos pelo distrito, Pedro do Carmo do PS e João Dias do PCP, a associarem-se à sua voz de protesto pela região.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
19 20
12 10
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda