A qualidade do ar em Fortes apresentou resultados preocupantes
Publicado | 2018-10-03 04:34:46
 
Relatório técnico de análises efetuadas pela Agencia Portuguesa do Ambiente a Fortes foi apresentado no passado dia 28 de Setembro em Ferreira do Alentejo na realização da Assembleia Municipal, que entre outros assuntos da Ordem de Trabalhos, continha a apresentação do estudo requerido pela Câmara Municipal de Ferreira do Alentejo ao Laboratório de Referência do Ambiente da Qualidade do Ar da Agência Portuguesa do Ambiente, no âmbito das reclamações e queixas dos moradores das Fortes.
 
Com a presença do engenheiro e coordenador do referido estudo, João Matos, foi possível confirmar as legítimas e justas preocupações sobre a qualidade do ar uma vez que deram resultado de “MAU” nos parâmetros avaliados.

Fátima Mourão, da Associação Ambiental dos Amigos das Fortes, referiu à Planície que “No conjunto dos 14 dias de medição a Qualidade do Ar atribuído no receptor é de MAU e viola todos os valores de segurança e de risco atribuídos pela Legislação Europeia e pela Organização Mundial de Saúde. Exigindo-se a monitorização permanente para salvaguarda da saúde pública, exigência que a Associação Ambiental dos Amigos das Fortes quer ver cumprida.”

A Fábrica de Queima de Bagaço vai ser inspeccionada pelas entidades oficiais no próximo dia 9 de Outubro.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 20
12 10
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda