Fenprof anuncia luta dos professores para início do ano lectivo
Publicado | 2018-09-06 04:54:30
 
A greve e manifestações, salientou Mário Nogueira, dependerão das respostas do Governo na reunião marcada para amanhã 7 de Setembro.
 
A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) reafirmou que não abdica de um único dia do tempo de serviço congelado dos docentes e anunciou uma greve e uma manifestação nacional para Outubro.

“A greve e manifestações”, salientou Mário Nogueira, “dependerão das respostas do Governo na reunião marcada para 7 de Setembro.”

Com a recomposição da carreira, designadamente a contabilização dos 9 anos, 4 meses e 2 dias, mas com outros aspectos em debate, tais como os que decorrem do incumprimento, pelo governo, da declaração de compromisso assinada há quase um ano (reposicionamento na carreira, medidas de combate ao envelhecimento da profissão ou medidas que atenuem o desgaste dos professores, designadamente ao nível dos horários de trabalho) e as tímidas medidas de combate à precariedade.  
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 20
11 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda