Agosto foi o mais quente dos últimos 15 anos
Publicado | 2018-09-06 04:51:43
 
Segundo o Boletim do IPMA, o valor médio das temperaturas máximas do mês de Agosto, em Portugal, foi o segundo mais quente dos últimos 15 anos.
 
O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA),   classifica o mês de Agosto como extremamente quente em relação à temperatura do ar e extremamente seco no que toca à precipitação.

"Este foi o segundo mês de Agosto mais quente, depois de 2003. O valor médio da temperatura média foi de 24,50 graus Celsius, 2,35 graus acima do normal”, pode ler-se no boletim.

Tanto a média das temperaturas máximas como das mínimas, esteve acima do normal. Enquanto as máximas atingiram, em média, os 32,41 graus Celsius, o que representa o valor mais alto desde 1931, as mínimas chegaram aos 16,60 graus, o que representa 1,10 graus acima do normal.

A primeira semana do mês – entre 1 e 6 de Agosto – foi excepcionalmente quente, avança ainda o IPMA. As temperaturas médias do ar ultrapassaram os 30 graus Celsius, enquanto a temperatura máxima passou a margem dos 40 graus Celsius nos dias 2 e 4. 

O dia 4 de Agosto foi mesmo o dia mais quente, do século XXI em Portugal Continental.

Foi nesta altura que ocorreu uma onda de calor que atingiu quase todo o território continental, deixando as regiões do litoral e do interior norte de fora. O concelho de Alvega, em Santarém, foi o que registou temperaturas máximas mais altas (46,8 graus), seguido de Santarém (46,3), Alcácer do Sal, distrito de Setúbal, (46,2). Coruche (Santarém) e Alvalade (Beja), chegaram aos 46,1 graus.

No que se refere às mínimas, os valores mais altos foram registados no concelho de Proença-a-Nova, em Castelo Branco, (30,7 graus), seguido da cidade de Portalegre (30,5) e em Castelo Branco (29,5). Lisboa aparece na listas temperaturas mínimas mais altas a atingir os 29,3 graus.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
36 36
21 20
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda