Quercus preocupada com a extinção de espécies de aves durante esta década
Publicado | 2018-09-06 04:49:24
 
Segundo a QUERCUS “é provável, que nos últimos 500 anos tenham sido extintas 183 espécies de aves.
 
Cerca de 90 % das extinções, já vitimaram espécies que habitavam em pequenas ilhas, mas há outras em grandes zonas continentais, devido principalmente à destruição dos habitats naturais, quer para dar origem a culturas intensivas agrícolas e de árvores de rápido crescimento, quer para criação de novas áreas urbanas destinadas à habitação, turismo e indústria. 

João Branco, presidente da QUERCUS, afirma  que a situação é muito preocupante “Cerca de 10.000 espécies de aves ainda existentes, estão num processo de declínio populacional.”

Para a Quercus as principais causas globais para o declínio e extinção das aves são, para além das más práticas agrícolas e desflorestação, a expansão alarmante de espécies exóticas invasoras, o abate e captura de aves vivas, a construção de grandes infraestruturas, proliferação de redes e outros artefactos de pesca e as alterações climáticas.

João Branco, refere ainda, que “é necessário que o Governo, autarquias e associações trabalhem juntos, num esforço para preservar habitats ameaçados e restaurar habitats degradados, para inverter esta tendência, que aponta para uma extinção em massa de espécies no nosso planeta. Ainda é possível salvar muitas destas espécies, mas temos de agir já”.

Algumas espécies de aves, em Perigo de Extinção global, que existem em Portugal são a Águia-imperial (Aquila adalberti) e o Abutre-preto (Aegypius monachus). 

João Branco considera que “Em relação ao Alentejo,  não se percebe porque se continua a caçar a rola brava, uma vez que também está a diminuir”. O mesmo responsável adianta  no entanto,  que “ já há várias associações de caçadores, que concordam em proibir a caça das espécies, que estão a desaparecer e aponta, como factor principal do desaparecimento das aves, o olival intensivo. 
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
36 36
21 20
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda