Serpa candidata Centro Competências da Agricultura Biológica ao PDR 2020
Publicado | 2018-08-28 09:04:13
 
A Câmara Municipal de Serpa está a preparar a candidatura do Centro de Competências da Agricultura Biológica e dos Produtos no Modo de Produção Biológico – CCBIO ao PDR2020 (Programa de Desenvolvimento Rural 2014-2020), cujo valor por centro de competências poderá chegar aos 50 mil euros.
 

Recordamos que o Centro de Competências da Agricultura Biológica e dos Produtos no Modo de Produção Biológico – CCBIO, foi formalizado em Fevereiro de 2017, durante a Feira do Queijo do Alentejo, na presença do secretário de Estado da Agricultura, Florestas e do Desenvolvimento Rural, Amândio Torres.

Desde então, registaram-se vários avanços, nomeadamente a criação de um Plano de Acção do CCBIO, apresentado no Ministério da Agricultura (Abril de 2017), bem como a Agenda Nacional de Investigação e de Inovação (ANNI) do CCBIO, também apresentada e validada no mesmo ministério, já em Fevereiro deste ano. Foram, entretanto, desenvolvidos alguns dos pontos que constam no plano de acção, como a participação em encontros técnicos, onde o processo foi apresentado, acções de capacitação e visitas técnicas. No âmbito da ANII do CCBIO vários grupos operacionais estão já a desenvolver trabalho de investigação.

A premissa por detrás da criação do CCBIO prende-se com a necessidade de criar sinergias neste sector específico, entre as diversas entidades, de difusão de informação técnica produzida ao nível da investigação, da articulação com os agentes económicos e da identificação das lacunas associadas à produção, transformação e comercialização dos produtos biológicos. Assim, o CCBIO tem como missão promover o desenvolvimento sustentável e competitivo neste sector, nos domínios técnico-científico, ambiental, socioeconómico e formativo. Algo que já está a trazer alguns frutos, nomeadamente com a participação de um produtor de queijo certificado em Modo de Produção Biológico, pela primeira vez, na Feira do Queijo do Alentejo, em 2018.

Fazem parte do CCBIO várias Câmaras Municipais, sendo que a Câmara Municipal de Serpa é a entidade coordenadora do projecto; Cimbal; Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária; Direcção Geral de Agricultura e Desenvolvimento Rural; centros tecnológicos e agroalimentares; várias universidades e politécnicos do país; e muitas associações de produtores, de desenvolvimento local e do sector, ao nível nacional.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
15 14
10 8
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda