Núcleo de Protecção Ambiental de Moura e Almodôvar efectuou detenção em flagrante de crime de caça
Publicado | 2018-08-22 04:55:11
 
O Comando Territorial de Beja, através dos Núcleos de Protecção Ambiental de Moura e Almodôvar, deteve um homem, de 55 anos, por caçar num local onde não estava autorizado, no concelho de Moura.
 
No âmbito de uma operação de fiscalização do exercício do acto venatório, para prevenção, detecção e repressão de situações em desconformidade com as regras definidas na legislação da caça, os militares encontraram o indivíduo a praticar o exercício venatório em zona de caça para a qual não estava autorizado, tendo sido elaborados três autos de contraordenação e a apreensão de  três espingardas de caça; 43 cartuchos;  três pombos torcazes; uma rola comum.

As espécies cinegéticas apreendidas foram entregues a uma Instituição de Solidariedade Social da área do concelho de Almodôvar.

O detido foi constituído arguido e ficou sujeito à medida de coacção de termo de identidade e residência.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
35 33
20 20
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda