Prazos de entrega e trocas são os maiores problemas do comércio online
Publicado | 2018-08-22 04:52:58
 
Embora os portugueses estejam a comprar cada vez na Internet e percepcionem este serviço como positivo, existem alguns aspectos a melhorar.
 
Em muitos casos, estes acabam mesmo por desmotivar os portugueses de fazer compras online. Segundo um estudo realizado pelo Observador Cetelem eCommerceas maiores críticas dos consumidores nacionais ao comércio electrónico vão  para a dificuldade em fazer devoluções e o tempo de espera até à recepção do produto, ambos apontados por 38% dos portugueses que fizeram compras online no último ano. 

Outro ponto mencionado por um vasto número de inquiridos aponta como desvantagem o receio de eventuais danos durante o transporte, matéria referida por 32% dos inquiridos. 

O perfil do consumidor nacional é ainda pouco desconfiado em fazer uma compra sem ter um contacto directo com o objecto ou serviço em causa. Assim, e sem grandes surpresas, há quem ainda considere necessário “ver, tocar e provar” o produto antes de o adquirir. Pelo menos, é essa a opinião de 26% dos portugueses consultados no estudo do Observador Cetelem eCommerce. 

Mas outros aspectos são apontados como negativos por parte dos inquiridos. 24% mencionam uma menor confiança na qualidade dos produtos comercializados no canal online, enquanto 13% referem sentir falta de informação ou apresenta alguns receios quantos à segurança nas modalidades de pagamento.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 20
11 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda