Livro de Reclamações Electrónico já disponível para supermercados, hotéis e agências de viagens
Publicado | 2018-08-15 11:38:55
 
A segunda fase de implementação do Livro de Reclamações Electrónico (LRE) já está a funcionar com o alargamento a novos sectores cuja actividade é fiscalizada pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), nomeadamente, a grande distribuição, a hotelaria e as agências de viagens.
 
"Estão a ser cumpridos os prazos definidos para este projecto e tem sido feito um grande trabalho para assegurar que o alcance do Livro de Reclamações Electrónico é cada vez maior, sendo esta mais uma das iniciativas tomadas pelo Governo para o reforço da defesa dos direitos dos consumidores", destacou Paulo Alexandre Ferreira, Secretário de Estado Adjunto e do Comércio.

Considerando o elevado número de sectores de actividade económica e, consequentemente, de agentes e de estabelecimentos, envolvidos na segunda fase de implementação do projecto do Livro de Reclamações Electrónico, esta será faseada entre 01 de Julho de 2018 e 30 de Junho de 2019.

Assim, garante-se um período de adaptação que permita a todos os operadores económicos, especialmente os que ainda não se encontram a operar em ambiente digital, a integração na plataforma que passa a disponibilizar uma ferramenta de gestão das reclamações para os operadores económicos e de acompanhamento das reclamações por parte dos consumidores.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
38 36
20 19
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda