Livro de Reclamações Electrónico já disponível para supermercados, hotéis e agências de viagens
Publicado | 2018-08-15 11:38:55
 
A segunda fase de implementação do Livro de Reclamações Electrónico (LRE) já está a funcionar com o alargamento a novos sectores cuja actividade é fiscalizada pela Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), nomeadamente, a grande distribuição, a hotelaria e as agências de viagens.
 
"Estão a ser cumpridos os prazos definidos para este projecto e tem sido feito um grande trabalho para assegurar que o alcance do Livro de Reclamações Electrónico é cada vez maior, sendo esta mais uma das iniciativas tomadas pelo Governo para o reforço da defesa dos direitos dos consumidores", destacou Paulo Alexandre Ferreira, Secretário de Estado Adjunto e do Comércio.

Considerando o elevado número de sectores de actividade económica e, consequentemente, de agentes e de estabelecimentos, envolvidos na segunda fase de implementação do projecto do Livro de Reclamações Electrónico, esta será faseada entre 01 de Julho de 2018 e 30 de Junho de 2019.

Assim, garante-se um período de adaptação que permita a todos os operadores económicos, especialmente os que ainda não se encontram a operar em ambiente digital, a integração na plataforma que passa a disponibilizar uma ferramenta de gestão das reclamações para os operadores económicos e de acompanhamento das reclamações por parte dos consumidores.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
15 14
10 8
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda