Polícia judiciária detém suspeito de atear incêndio em Serpa
Publicado | 2018-08-10 04:59:22
 
A Polícia Judiciária, através da Directoria do Sul, deteve ontem, um homem suspeito de ter intencionalmente provocado um incêndio florestal em Serpa.
 
A detenção teve lugar por existirem fortes indícios de, no dia 28 do mês de Julho, ao final da tarde, ter ateado, por ignição directa, um incêndio à vegetação existente, constituída por pasto rasteiro, seco e de fácil combustão.

As condições climatéricas, elevadas temperaturas, baixo teor de humidade e vento, aliado às matérias combustíveis ali existentes, eram susceptíveis de contribuir para propagar de forma intensa o incêndio, com fatais e graves consequências para bens pessoais e patrimoniais, o que só não vem a suceder graças à pronta intervenção dos bombeiros.

O detido, de 54 anos de idade, trabalhador rural, natural de Serpa, com antecedentes criminais pelos crimes de furto e incêndio florestal, – com pena suspensa por recentemente ter sido condenado por aquele ilícito – vai ser presente a interrogatório Judicial para aplicação das medidas de coacção tidas por adequadas.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 20
11 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda