Serpa vai integrar programa de protecção da Águia-imperial-ibérica
Publicado | 2018-08-09 04:27:47
 
Serpa passou a integrar a restrita lista de concelhos em Portugal em que nidifica a Águia-imperial-ibérica, uma espécie criticamente ameaçada.
 
O Projeto LIFE Imperial está a acompanhar este lento retorno a Portugal, e agora também Serpa passou a fazer parte do programa, como explicou à Planície o vereador da Câmara Municipal de Serpa, Francisco Godinho.

A Águia-imperial-ibérica é uma das espécies de águia mais ameaçadas do mundo. Esta ave, endémica da Península Ibérica, tem uma população mundial de 500 casais e destes apenas 15 se encontram em Portugal (em 2017). Em Portugal está classificada com criticamente ameaçada e globalmente é considerada vulnerável.

Esta classificação resulta do grande declínio que a Águia-imperial sofreu em toda a sua área de distribuição e que em Portugal culminou com o desaparecimento da população reprodutora entre o final da década de 70 e o início da década de 80. Apenas no ano de 2003 se voltou a confirmar a sua nidificação em Portugal e, desde então, a espécie tem vindo a colonizar lentamente o território nacional.

Em 2018, já em plena época reprodutora, foi confirmada a presença de um casal da espécie em Serpa. O acompanhamento ao longo da época de nidificação permitiu identificar em Julho três crias quase prontas a voar. Este é um facto extraordinário pois representa uma expansão da presença da espécie para uma região entre duas áreas onde a espécie já está estabelecida, a região de Moura/Barrancos e a região do Vale do Guadiana/Castro Verde.

O Projecto LIFE Imperial, coordenado pela Liga para a Protecção da Natureza e apoiado pelo programa LIFE da União Europeia, tem contribuído para criar as condições para restabelecer a população nacional da Águia-imperial-ibérica, através de uma série de acções de conservação, como o controlo e a vigilância de ameaças nos ninhos, construção e reforço de ninhos e a implementação de medidas para o fomento de presas como o coelho-bravo.

O Projecto LIFE Imperial é uma parceria que com conta ainda com a participação  do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, da TRAGSATEC, da EDP Distribuição, da Câmara Municipal de Castro Verde, da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, da SEO/BirdLife e da Guarda Nacional Republicana.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
10 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda