Plantação de papoila branca no Alqueva chega ao fim
Publicado | 2018-07-24 04:42:04
 
Nos últimos tempos tem-se assistido a uma desistência da cultura de papoila branca, conhecida também por planta dormideira.
 
Esta planta produtora de ópio pretendia atingir, cerca de 6000 hectares até 2016, um objectivo que foi entretanto abandonado, até porque em 2018 não foi plantado um único hectare.

A cultura de papoila branca destinada à produção de morfina, deixou os campos do Alqueva, cinco anos depois de ter sido iniciada a sua exploração. 

O excesso de oferta deste produto no mercado mundial ditou o fim do investimento em Portugal.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
10 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda