PCP quer abertura do troço da A26 entre Grândola Sul e Santa Margarida do Sado
Publicado | 2018-07-04 04:03:20
 
Na sequência da resposta do Governo à questão do PCP sobre a abertura do troço da A26 entre Grândola Sul e Santa Margarida do Sado e o anúncio da abertura de concurso do projecto de electrificação do troço da linha férrea entre Casa Branca e Beja.
 
O executivo da Direcção da Organização Regional de Beja do PCP emitiu uma nota onde sublinha que veio agora o Governo responder e justificar a não abertura do referido troço pelo facto de, apesar de concluído, existirem problemas com a conclusão da praça de portagens. 

Esta é uma desculpa insustentável, considera o PCP, para quem não é aceitável que num projecto desta natureza não tenham sido prevenidas estas situações.

Miguel Ramalho da DORBE do PCP, à Rádio Planície criticou ainda as recentes declarações de deputados do PS sobre a garantia de mandar elaborar até final do ano o projecto de electrificação da linha entre Casa Branca e Beja, lembrando Miguel Ramalho que o PS foi o único que votou contra na Assembleia da República as medidas que tinham em vista assumir ‘como prioridade a requalificação da linha férrea entre casa Branca e Beja, incluindo a sua electrificação.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
31 32
15 13
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda