1ª Fase do projecto PAYT vai arrancar no Baixo Alentejo
Publicado | 2018-06-25 22:41:49
 
A Resialentejo, em parceria com os Municípios do Baixo Alentejo, tem vindo a trabalhar na implementação de experiências piloto de aplicação de tarifas de gestão de resíduos associada à produção resíduos indiferenciados, em vez de estar associado ao consumo de água.
 
Segundo o Director da Resialentejo, Aníbal Reis, realizou-se uma candidatura ao POSEUR para a implementação, numa 1ªfase, de experiências piloto em 6 concelhos, nomeadamente Barrancos, Beja, Mértola, Moura, Ourique e Serpa, abrangendo cerca de 7.000 habitantes. 

A candidatura foi aprovada, e desta forma estão criadas condições para o arranque do projecto PAYT no Baixo Alentejo durante o ano de 2019. 

Esta 1ª fase do projecto representa um investimento de 395.147 euros, sendo comparticipado por fundos comunitários a 85%.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
34 34
16 16
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda