Mudanças nas comparticipações em lares vão sofrer alterações
Publicado | 2015-05-05 04:14:07
 
As IPSS e as Misericórdias estão a ponderar implementar aumentos nos seus lares. Esta ideia surge numa altura em que o envelhecimento da população tem levantado muitas preocupações no que toca à sustentabilidade destas infra-estruturas.
 
Actualmente a legislação que estipula as comparticipações de familiares em IPSS e Misericórdias data de 1997, sendo necessário adaptar o documento à realidade destas instituições.
Refira-se que desde Dezembro de 2014 se encontra aprovado um documento que ainda está a ser adaptado nas instituições sociais. Espera-se no entanto que em breve haja novidades que implicarão aumentos e maior abrangência de pessoas a quem poderá ser pedida comparticipação.
Uma das medidas que poderá estar em cima da mesa é a comparticipação paga por quem está num lar de idosos, que sobe de 70 a 85% do rendimento do agregado familiar para 75 a 90% - a diferença, saliente-se, varia conforme a dependência do idoso.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
38 39
17 17
 
 

Nome:

Email:

 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda