Microempresas têm nova linha de apoio
Publicado | 2018-06-20 04:15:38
 
As microempresas ‘Startups’ na fase inicial do seu ciclo de vida, ou seja que tenham quatro anos de existência ou menos, dispõem de uma nova Linha Apoio ao Desenvolvimento de Negócio, a ADN 2018 - StartUp, com um montante global de dez milhões de euros.
 
A ADN 2018 - StartUp foi criada pela SPGM, pelo IAPMEI, pelo Turismo de Portugal e por três sociedades de garantia mútua, e para ter acesso as empresas terão de ter um mínimo de 15% de capitais próprios.

Terá um prazo de vigência de até 12 meses após o seu início e 5% dos 10 milhões orçamentados serão atribuídos exclusivamente ao sector primário.

O prazo das operações apoiadas poderá, ir até 8 anos, contando todas as startups com um período de carência de capital até 24 meses.

De referir ainda que a Comissão Europeia decidiu reunir numa estrutura única todo o financiamento da UE que será concedido de 2021 a 2027 sob a forma de empréstimos e garantias.

O Programa InvestEU vai englobar um fundo, urna plataforma de aconselhamento e um portal com o objetivo de criar emprego e fomentar o crescimento.

Para o mesmo período, a Comissão propôs atribui 100 mil milhões de euros à investigação e à inovação, no âmbito do novo Programa Horizonte Europa para a Investigação e Inovação
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
19 20
12 10
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda