CDS quer monitorização da qualidade do ar nos concelhos de Ferreira do Alentejo e Alvito
Publicado | 2018-06-20 04:11:39
 
Os deputados do CDS-PP querem que o Governo garanta a monitorização contínua da qualidade do ar nos concelhos de Ferreira do Alentejo e Alvito, por causa das queixas da população relacionadas com a produção de bagaço de azeitona.
 
No Projecto de Resolução que deu entrada ontem na Assembleia da República, os deputados do CDS-PP querem que o Governo: Garanta a instalação de sistemas de monitorização contínua da qualidade do ar à saída das chaminés das fábricas de laboração de bagaço de azeitona, nos concelhos de Ferreira do Alentejo e Alvito; Avalie, periodicamente, a qualidade do ar das localidades afectadas; Promova um estudo epidemiológico no sentido de avaliar se as populações circundantes das fábricas de laboração de bagaço de azeitona, nos concelhos de Ferreira do Alentejo e Alvito, sofrem de algumas patologias, nomeadamente respiratórias, que possam ser atribuíveis à qualidade do ar; Avalie se as licenças atribuídas às fábricas de laboração de bagaço de azeitona, nos concelhos de Ferreira do Alentejo e Alvito, estão de acordo com as condições de laboração, estabelecendo, se necessário, um período transitório da sua adaptação às novas regras que forem estipuladas; Promova formas de apoiar a reconversão indispensável à unidade fabril de Fortes, estabelecendo prazos e compromissos que envolvam todos os intervenientes: população, empresa, autarquias e administração central e Envolva as Universidades e os Politécnicos da região como parceiros privilegiados tanto no diagnóstico como na resolução destes problemas, bem como na sua posterior monitorização.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
10 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda