Aplicação facilita autorização para queimas e queimadas seguras
Publicado | 2018-06-18 04:24:46
 
O uso do fogo encontra-se associado a várias práticas agrícolas e florestais, no entanto, são vários os casos em que estas atividades se descontrolam e originam grandes incêndios com graves consequências ecológicas e socioeconómicas. Estas acções contribuem para a elevada percentagem de incêndios em Portugal Continental com causa humana, cerca de 98%.
 
Assim, é tida como urgente uma alteração de comportamentos na sociedade de modo a que possam ser realizadas as mesmas práticas, mas com um menor risco, ou seja, com uma menor probabilidade de originar incêndios rurais. 

O ICNF, em colaboração com a GNR e a Associação Nacional de Municípios,  desenvolveu uma nova aplicação que permite efectuar pedidos de  autorização de queimadas extensivas e avaliação de queima de amontoados, bem como simplificar e facilitar o acesso aos pedidos e respectivas respostas.

Este sistema tem ainda uma linha de apoio que permite tirar dúvidas e ajudar a efectuar o registo na aplicação. Para formalização do sistema foi estabelecido um protocolo entre o ICNF e a Associação Nacional de Municípios.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
34 34
16 16
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda