IPSS’s do Alentejo têm falta de nutricionistas
Publicado | 2018-06-12 04:28:37
 
Segundo a bastonária da Ordem dos Nutricionistas, Alexandra Bento, há falta de nutricionistas nas instituições de solidariedade social no Alentejo, mas também nos Centros de Saúde e hospitais.
 
Alexandra Bento, que se encontra de visita ao Alentejo sublinha que "há uma recomendação recente da Assembleia da República para que as instituições particulares de solidariedade social tenham nutricionistas, até porque, uma proporção da população idosa que, não pode ser desprezada, está em risco nutricional e, por outro lado, uma percentagem que também não deve ser ignorada - cerca de 40% - tem peso a mais". A bastonária está preocupada com os 15% em risco de desnutrição, mas também com a fracção de idosos que sofre de obesidade e com os 25% que estão diagnosticados com diabetes. 

O Alentejo é uma das regiões que exige um olhar mais atento e tenha de ter uma atenção especial devido ao facto de ser uma zona envelhecida. 
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
24 24
12 13
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda