Nilza de Sena visitou a aldeia de Fortes Novas em Ferreira do Alentejo
Publicado | 2018-05-03 04:20:23
 
No dia 27 de Abril a deputada pelo PSD Nilza de Sena fez-se acompanhar pelo presidente João Guerreiro e pelo vice-presidente João Araújo, da Comissão Política Distrital de Beja do PSD, à aldeia de “Fortes Novas” no concelho de Ferreira do Alentejo.
 
O objectivo da visita foi constatar e ouvir da parte da população, queixas relativamente à poluição ambiental alegadamente provocada pela fábrica de azeite – AZPO. 

Segundo o PSD, do que se vê, constata-se a emissão de enormes nuvens de “fumo-branco” através de seis chaminés que, segundo a população, localizada a cerca de duzentos metros, constitui a causa de todos os seus problemas.  

Para além do “pó branco e castanho”, o cheiro a bagaço impede a população de levar uma vida normal. Segundo os populares, quando o fumo invade a localidade, invade as casas e impede a população de manter as janelas abertas, de respirar, de fazer horta e as crianças de brincarem na rua, afectando de forma significativa a vida da população que já existia antes da instalação da fábrica, e isso não devia estar a acontecer. Por isso Nilza de Sena coloca-se “completamente ao lado das populações”.

O que parece evidente para o PSD, pela descrição da população, a sua saúde pode evidentemente estar em causa, até porque há relatos de pessoas com sintomatologia, nomeadamente, “tosse e lacrimejos”. Para os sociais-democratas o cenário configura uma clara violação da “qualidade de vida” das pessoas que vivem naquela localidade e como tal, inaceitável. De realçar, que a população não pretende o fecho da fábrica, percebe o seu valor para a economia da região, mas quer assegurar de que não terão problemas de saúde no futuro. 

Junto da população ficou o compromisso, da deputada Nilza de Sena e da Comissão Política Distrital de Beja do PSD, de intercederem junto das entidades com responsabilidade na matéria e garantir que a fábrica possa laborar sem colocar em causa a “qualidade de vida” que merecem.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
19 20
12 10
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda