GNR faz balanço da Operação Moto
Publicado | 2018-04-24 04:39:11
 
A Guarda Nacional Republicana realizou, entre os dias 18 e 22 de Abril, a Operação Moto na sua área de responsabilidade, tendo intensificado as acções de fiscalização rodoviária no sentido de prevenir comportamentos de risco durante a condução de motociclos e ciclomotores nas vias com maior intensidade de tráfego, com o objetivo de inverter a tendência de aumento da sinistralidade.
 
Durante a operação foram empenhados 1.582 militares dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, tendo sido fiscalizados 4.504 condutores de motociclos e ciclomotores e registadas 410 infracções, das quais se destacam 50 por anomalias nos dispositivos de iluminação e de sinalização; 32 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei; 29 por falta de seguro de responsabilidade civil; 10 por falta ou incorrecta utilização do capacete; e 5 por maus estado de utilização dos pneumáticos.

Ainda durante a operação foram registadas 30 detenções, das quais 16 por falta de habilitação legal para conduzir; e 7 por condução com taxa de álcool no sangue superior ou igual a 1.20g/l.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
18 21
8 10
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda