Constituído grupo de trabalho para lançar concurso do novo Hospital Central do Alentejo
Publicado | 2018-03-22 04:10:16
 
O Ministério da Saúde determinou a constituição de um grupo de trabalho para a preparação e o lançamento, no prazo de seis meses, do concurso público internacional do novo Hospital Central do Alentejo, em Évora.
 
O grupo de trabalho, liderado pelo Presidente do Conselho Directivo da Administração Regional de Saúde do Alentejo, José Robalo, integra ainda Maria Filomena Ferreira Mendes, Presidente do Conselho de Administração do Hospital do Espírito Santo de Évora, que substitui o presidente do grupo nas suas ausências e impedimentos; Maria Gabriela Veloso Maia, Directora do Departamento de Gestão da Rede de Serviços e Recursos em Saúde da Administração Central do Sistema de Saúde; Maria Manuela Varela Teles de Macedo Sousa, Coordenadora do Gabinete de Instalações e Equipamentos da Administração Regional de Saúde do Alentejo; Nuno Miguel Mota de Campos Alves da Silva, Coordenador do Gabinete Jurídico e do Cidadão da Administração Regional de Saúde do Alentejo; Sandra Cristina Roque Guerra, técnica superior da Administração Regional de Saúde do Alentejo; Vítor Rui Gomes Fialho, Administrador Hospitalar do Hospital do Espírito Santo de Évora; e Pedro Filipe das Neves Conchinha Ramalho Ilhéu, Director do Serviço de Instalações e Equipamentos do Hospital do Espírito Santo de Évora.

De acordo com o despacho, publicado na passada terça-feira, 20 de Março, e assinado pela Secretária de Estado da Saúde, Rosa Valente de Matos, uma das tarefas do grupo de trabalho vai ser a de preparar, no prazo de seis meses, a documentação concursal necessária para o lançamento do concurso público internacional da nova unidade hospitalar.

Por determinação do Governo, será possível atribuir ao projecto do novo hospital financiamento comunitário de magnitude considerável, com vista assegurar a sua concretização, mediante a devida contrapartida nacional.

Impõe-se portanto que a Administração Regional de Saúde do Alentejo proceda ao lançamento do concurso público para a edificação e o equipamento do novo hospital, com a máxima diligência.

O Presidente da Administração Regional de Saúde do Alentejo, José Robalo, revelou que o projecto deverá implicar um investimento a rondar os 170 milhões de euros.

O programa do Governo considera ser urgente dotar o Serviço Nacional de Saúde de capacidade para responder melhor e mais depressa às necessidades dos cidadãos, simplificando o acesso, aproveitando os meios de proximidade, ampliando a capacidade de, num só local, o cidadão obter consulta e meios de diagnóstico e de terapêutica, evitando o constante reenvio para unidades dispersas e longínquas.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
18 21
8 10
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda