Serpa recebe Festival Terras sem Sombra este fim-de-semana
Publicado | 2018-03-02 04:08:18
 
Serpa acolhe a partir deste sábado, dia 3 de Março, pelas 21h30, no Musibéria – Centro Internacional de Músicas e Danças do Mundo Ibérico, a estreia mundial das Dez Canções Populares Húngaras, de Fernando Lopes-Graça.
 
64 anos depois de ter sido composto, este notável ciclo permanecia no papel. O concerto, homenagem do festival alentejano ao grande compositor, revela as suas peças inéditas, de uma beleza emocionante, e, a par delas, as animadas canções da tradição popular.

Para este projecto de largo alcance, o Terras sem Sombra coloca lado a lado artistas lusos e húngaros.

O evento, organizado em parceria com o Município de Serpa, conta com a colaboração da Academia Liszt.

O Festival Terras sem Sombra constitui uma porta aberta sobre o que há de mais interessante no Alentejo, em termos culturais e ambientais. 

Fiel ao rumo traçado, dedica a tarde deste sábado a um monumento nacional muito pouco conhecido, apesar da sua importância histórica e artística, o convento de Santo António, cuja origem está ligada a um dos mais antigos milagres de São Francisco em Portugal. 

Domingo, 4 de Março, é consagrado, a partir das 10h, às oliveiras multisseculares do Monte da Zanga.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 20
11 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda