Serpa recebe Festival Terras sem Sombra este fim-de-semana
Publicado | 2018-02-28 04:29:39
 
Serpa acolhe a 3 de Março, pelas 21h30, no Musibéria – Centro Internacional de Músicas e Danças do Mundo Ibérico, a estreia mundial das Dez Canções Populares Húngaras, de Fernando Lopes-Graça.
 
64 anos depois de ter sido composto, este notável ciclo permanecia no papel. O concerto, homenagem do festival alentejano ao grande compositor, revela as suas peças inéditas, de uma beleza emocionante, e, a par delas, as animadas canções da tradição popular.

Para este projecto de largo alcance, o Terras sem Sombra coloca lado a lado artistas lusos e húngaros.

O evento, organizado em parceria com o Município de Serpa, conta com a colaboração da Academia Liszt.

O Festival Terras sem Sombra constitui uma porta aberta sobre o que há de mais interessante no Alentejo, em termos culturais e ambientais. Fiel ao rumo traçado, dedica a tarde do próximo sábado a um monumento nacional muito pouco conhecido, apesar da sua importância histórica e artística, o convento de Santo António, cuja origem está ligada a um dos mais antigos milagres de São Francisco em Portugal. 

Domingo, 4 de Março, é consagrado, a partir das 10h, às oliveiras multisseculares do Monte da Zanga.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
18 18
9 7
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda