Reguengos de Monsaraz registou cerca de 174 mil visitas aos museus, igrejas, exposições e postos de turismo do concelho
Publicado | 2018-02-13 13:26:01
 
Em 2017, o concelho de Reguengos de Monsaraz recebeu cerca de 174 mil visitas nos museus, igrejas, exposições e postos de turismo, mais 12,4 por cento que em 2016, destacando-se como o melhor ano desde que há registos.
 
Este número de visitas estima-se que corresponderá a 92 mil turistas e visitantes e que 52 por cento do total foram portugueses.

Na vila medieval de Monsaraz, foram contabilizados os números de registos de entradas no Museu do Fresco, Casa da Inquisição - Centro Interactivo da História Judaica de Monsaraz, Igreja de Santiago, Igreja de Nossa Senhora da Lagoa, Torre de Menagem, Igreja da Misericórdia e no Posto de Turismo de Monsaraz, somando-se aos obtidos na Casa do Barro - Centro Interpretativo da Olaria de S. Pedro do Corval, Museu José Mestre Batista e Posto de Turismo de Reguengos de Monsaraz.

Os postos de turismo de Monsaraz e de Reguengos de Monsaraz receberam mais de 25 mil turistas, dos quais 64,5 por cento foram estrangeiros. Através dos registos realizados nos postos de turismo é possível afirmar que os mercados emissores predominantes foram o português, com 35,4%, o espanhol, com 22,3%, e o francês, com 13,4%. No ano passado, o concelho de Reguengos de Monsaraz foi visitado por turistas de mais de meia centena de nacionalidades, como por exemplo de destinos longínquos como a Austrália, Estados Unidos da América, Canadá, África do Sul, Nova Zelândia, China, Argentina, Rússia, Japão, India, Singapura, Chile e Argentina.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
36 36
16 18
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda