Concelho de Moura poderá albergar mais 2 centrais fotovoltaicas
Publicado | 2018-01-12 04:34:40
 
Moura poderá vir a ter mais duas centrais fotovoltaicas. A possibilidade surge após o Governo português ter atribuído, no início deste ano, seis licenças sem tarifas bonificadas o que aumenta para 756 megawats a potência viabilizada pelo Governo sem subsídio.
 
As 6 licenças agora emitidas dizem respeito a outras tantas centrais fotovoltaicas a construir no Alentejo e Algarve, que representarão um investimento de cerca de 206 milhões de euros e uma potência instalada de 229 megawats.

No Alentejo poderão ficar 3 destas novas centrais, duas em Moura e uma em Ferreira do Alentejo, projectos que serão da responsabilidade da Hyperion Energy Investments, bem como uma central em Lagos, com uma capacidade global de 132 MW. 

Já a maior central agora aprovada, com uma capacidade de 48,9 MW, é um projecto da Goldiport Solar e ficará no concelho de Lagoa, no Algarve.

A sexta central, da responsabilidade da Goldnalco, será instalada em Alcoutim e terá uma capacidade de 48MW.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
31 33
17 18
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda