Autárquicas 2017: PSD de Moura apresentou a sua candidatura autárquica
Publicado | 2017-07-14 04:02:37
 
O PSD de Moura apresentou oficialmente, no decorrer de um jantar, a sua candidatura autárquica, às próximas eleições de 1 de Outubro.
 
Presente na iniciativa, estiveram para além dos candidatos aos vários órgão autárquicos a que o PSD concorre, Luís Montenegro, Vice-Presidente do PSD, Nilza de Sena, Deputada eleita por Beja e Mário Simões ex-Deputado e ex-Presidente da Distrital do PSD de Beja.

João Guerreiro, cabeça de lista social democrata à Câmara Municipal de Moura, disse à Planície que a candidatura está a decorrer de acordo com aquilo que havia sido projectado, tendo verificado uma boa receptividade por parte das instituições e das pessoas, até porque a sua candidatura é pelas pessoas.

O candidato do PSD, disse ainda que as equipas para a Câmara Municipal, Assembleia Municipal, União de Freguesias de Moura e Santo Amador e Junta de Freguesia da Póvoa de São Miguel estão fechadas, acreditando que foram encontrados grandes candidatos que poderão fazer com que o PSD possa ter sucessos onde até à data não os havia obtido.

Luís Montenegro, Vice-Presidente e líder parlamentar do PSD, numa breve entrevista à Rádio Planície disse que veio a Moura dar uma palavra de estimulo e de confiança a João Guerreiro, uma pessoa com muitas responsabilidades partidárias e no distrito.

Montenegro disse ainda que a candidatura do PSD é forte, mobilizadora e irá tentar fazer o melhor possível, sabendo que as dificuldades são muitas, mas será feito aquilo que compete ao PSD que é apresentar bons candidatos, boas equipas e boas ideias. O líder parlamentar social-democrata disse ainda que espera que seja feita uma campanha de esclarecimento, para que sejam atingidos os objectivos e para que o PSD tenha uma palavra importante a dizer na Câmara Municipal de Moura.

Num olhar sobre aquilo que são os compromissos do PSD para o Baixo Alentejo o Vice-Presidente do PSD diz que as prioridades continuam a ser as acessibilidades, a agricultura, tendo a estrutura partidária em conjunto com os deputados do PSD eleitos por Beja desenvolvido trabalho nestas áreas, bem como ao nível da agricultura, dos serviços públicos, saúde e educação, entendendo que não é por falta de trabalho que o PSD se envergonha de enfrentar o eleitorado, muito pelo contrário.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
29 30
11 12
 
 

Nome:

Email:

 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda