Intenções de consumo no Regresso às Aulas
Publicado | 2015-09-01 00:22:23
 
Pela primeira vez em quatro anos, os hiper/supermercados são o local de compra preferido dos portugueses (83%) no Regresso às Aulas, à frente das papelarias (80%).
 

Tal como no ano passado, 22% dos consumidores ponderam comprar o material escolar na Internet e apenas uma percentagem residual (2%) pensa fazê-lo através da venda directa/catálogo. Estão são algumas das conclusões do Observador Cetelem, que procurou conhecer as intenções de compra dos portugueses para o Regresso às Aulas.  

Na Internet a diferença é visivelmente notória: 36% dos consumidores que ainda estudam fazem aí as suas compras contra 18% dos portugueses com filhos em idade escolar. 

O estudo questionou ainda os consumidores sobre o momento de compra do material escolar. A maioria dos portugueses (51%) prefere repartir a compra ao longo do ano, mas uma percentagem ainda considerável (47%) adquire todo o material num único momento. No entanto, no caso particular dos pais com filhos em idade escolar, a maioria (51%) tenciona mesmo comprar todo o material de uma só vez.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
23 20
15 13
 
 

Nome:

Email:

 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda