PAN recomenda ao Governo que requalifique a linha ferroviária do Alentejo
Publicado | 2021-02-18 05:26:39
 
O Grupo Parlamentar do PAN - Pessoas - Animais – Natureza apresentou uma iniciativa legislativa que visa a requalificação da linha ferroviária do Alentejo.
 

Segundo um comunicado do partido, enviado à nossa redacção, “o aumento da disponibilidade e qualidade do transporte ferroviário é uma aposta fundamental para a redução de gases com efeito de estufa no sector dos transportes que representa cerca de 25% do total de emissões de CO2e, e, bem assim, para a melhoria da qualidade do ar que representa mais de 7 mil mortes prematuras por ano em ano em Portugal e um custo anual para a sociedade de cerca de mil milhões de euros”. O documento adianta que “é

também crucial para uma efectiva coesão territorial, especialmente no Alentejo, região que tem sido votada ao abandono nas infraestruturas de desenvolvimento nacionais.

Esta iniciativa do PAN, visa essencialmente, dar prioridade à execução da electrificação e requalificação do troço ferroviário Casa Branca-Beja; incluir no projecto de requalificação e electrificação do troço Casa Branca-Beja a construção de uma variante de ligação ao aeroporto; garantir a electrificação urgente do troço Beja-Funcheira, promovendo as ligações para sul; garantir a electrificação da ligação de Ermidas do Sado à Funcheira; garantir uma oferta de comboios e horários que seja atractiva e adequada para as necessidades de mobilidade das populações das regiões do Alentejo e Algarve.

No entender do PAN, estas medidas são fundamentais não só para reduzir as emissões de CO2, mas também para uma efectiva coesão territorial, especialmente no Alentejo, região que tem sido votada ao abandono nas infraestruturas de desenvolvimento nacionais.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda