Covid-19 - Hospital de Beja com contentor para aumentar capacidade da morgue
Publicado | 2021-01-30 01:49:17
 
O hospital de Beja instalou um contentor frigorífico para aumentar de imediato a capacidade da morgue, embora não esteja ainda a ser usado.
 

A morgue do Hospital José Joaquim Fernandes tem, actualmente, 12 gavetas, mas o contentor foi já instalado de forma preventiva, apesar de “ainda não estar a ser utilizado”, precisou à Lusa a fonte da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

A unidade hospitalar encontra-se com ocupação plena na Unidade de Cuidados Intensivos (UCI), pelo menos, desde 4 de Janeiro, altura em que a valência ainda só dispunha de quatro camas.

A capacidade da UCI foi, entretanto, ampliada para o dobro (oito camas), mas a ocupação plena da unidade nunca deixou de ser uma realidade.

Ainda assim, nos últimos dias, não tem havido necessidade de transferir doentes do hospital de Beja para outros hospitais, depois de, na semana passada, terem sido levados cinco doentes para o hospital de campanha criado em Portimão.

Segundo a fonte, o número de internamentos na Enfermaria ‘Covid’ baixou para 63, menos cinco do que na quinta-feira, o que se traduz ainda numa taxa de ocupação de 88,7% das 71 camas totais.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda