Covid-19 - “Nós bombeiros, estamos a atravessar um momento dramático no nosso distrito” Domingos Fabela
Publicado | 2021-01-25 05:14:15
 
Num período em que o País se vê abraços com a terceira nova vaga da pandemia e um novo confinamento, o aumento de casos activos de covid colocam os Bombeiros na linha da frente.
 

Estando na área do socorro às populações, são os primeiros a terem contacto com os doentes e com grandes possibilidades de ficarem infectados.

O Presidente da Federação dos Bombeiros do Distrito de Beja, Domingos Fabela, em entrevista à Planície refere que “como é do conhecimento geral da população que servimos, nós somos aqueles que estamos também na linha da frente, e naturalmente temos um preço a pagar. Esse preço começou inicialmente por se manifestar através de dificuldades financeiras com a aquisição de equipamentos, falta de apoios e culminou com o facto de nos confrontarmos com casos de covid 19”.

O responsável diz que “Com uma série de confinados e isolados, o que nos trás alguns transtornos, em termos de dar uma resposta efectiva a nível do distrito”. E acrescenta que “nós bombeiros estamos a atravessar um momento dramático no distrito, na medida que contamos com 30 infectados nos vários corpos de bombeiros e temos um número superior de infectados em isolamento”.

Domingos Fabela finaliza dizendo que “A capacidade de resposta de prontidão está em 90%, que ainda nos permite dar uma resposta efectiva às necessidades, com prioridade ao socorro, mas tememos que se venha a agravar e que nos traga problemas acrescidos, no sentido de podermos ajudar e prestar o serviço à nossa população”.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda