Covid-19 - Centro Social de Amareleja é a situação mais critica no concelho
Publicado | 2021-01-22 05:14:24
 
O Centro Social de Amareleja, regista actualmente 32 utentes positivos, a maioria assintomáticos e outros com sintomas ligeiros, que continuam separados dos utentes que testaram negativo. No que se refere aos colaboradores, 19 encontram-se positivos e 15 revelam sintomas, aguardando o resultado dos testes em isolamento.
 

A presidente da direcção da instituição, Marília Duarte, em declarações à Planície referiu que “infelizmente, entrou o vírus na nossa instituição, uma grande surpresa nossa, visto, que estávamos a ter todos os cuidados”.

“Foi nas testagens semanais que os nossos colaboradores fazem, que apareceu uma funcionária infectada e, a partir daí pedimos a testagem a toda a instituição. Só nos primeiros testes apareceram 20 utentes com covid e foi em cadeia que as pessoas se continuaram a infectar. Neste momento temos 32 utentes positivos e registamos 3 óbitos, um deles negativo e 2 positivos”. Referiu a responsável.

“A estrutura conta actualmente com 6 elementos da Brigada de Intervenção Rápida. Não sendo, estes suficientes, a Direcção contratou os serviços de 9 técnicos a uma empresa de Prestação de Cuidados de Saúde e Geriatria, que já se encontram em actividade”, como sublinhou Marília Duarte.  “Entretanto, com a falta de funcionários pedimos apoio à Segurança Social, que nos enviou ao todo 6 elementos. No âmbito das ajudas, temos tido, quer da parte de populares, quer de instituições, como a Câmara de Moura, Protecção Civil e Junta de Freguesia, têm ajudado e disponibilizado em tudo o que nós precisamos. Também o GDA, instituições particulares e todas as pessoas nos ajudam”.  E adiantou que “neste momento, o que mais precisamos, é um apoio monetário para se contratar mais pessoas e para compra dos equipamentos de protecção individual, visto que são descartáveis e várias vezes ao dia tem que ser substituídos, é aquilo que mais temos de comprar e onde temos de investir”.

O Centro Social de Amareleja tem os cuidados médicos e de enfermagem assegurados com 2 médicos e 2 enfermeiros, encontrando-se os utentes que testaram negativo isolados dos restantes.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda