Covid-19 – Em Cuba “esta situação deve-se ao período festivo” - João Português
Publicado | 2021-01-19 03:56:20
 
Cuba é o concelho onde a situação da Covid-19 é mais crítica, com mais casos nos últimos 14 dias por 100 mil habitantes. Segundo a distribuição geográfica Cuba tem uma incidência cumulativa a 14 dias de 5.658 casos por 100 mil habitantes. É o único concelho com mais de 5.000 casos. Actualmente conta com 230 casos positivos de covid 19 e 7 óbitos.
 

O presidente da autarquia, João Português, referiu à Planície que “o concelho de Cuba, neste momento vive uma situação preocupante e grave. De um modo geral, somos dos concelhos do País, com uma taxa de incidência por 100 mil habitantes, mais elevada”.

“Tudo indica que nos próximos tempos, estes dados serão para baixar, fruto da diminuição de testes e pessoas em confinamento. Esta situação deve-se ao período festivo, já que em Dezembro tínhamos 4 casos activos, e passado um mês os casos aumentaram, devido a um surto no Lar da Santa Casa da Misericórdia, onde 97% da população do Lar ficou infectada”. Salientou o autarca.

“Em termos de medidas, o município, o que tem feito, entre outras, foi montar uma Zona de Concentração e Apoio à População, que está disponível para receber 60 pessoas infectadas e tem capacidade para responder praticamente como hospital de campanha. 

O município de Cuba, à transmitiu à Protecção Cívil Distrital, que tem condições para uma resposta para qualquer concelho que seja necessário e também transmitimos ao Conselho de Administração da ULSBA”. Disse João Português, acrescentando que “No Lar da Santa Casa da Misericórdia de Cuba a situação foi complicada, devido ao número de funcionárias infectadas, mas actualmente a assistência e os cuidados aos utentes estão a ser assegurados por 20 funcionários do lar e com a ajuda de voluntários e de pessoas contratadas por outras instituições”.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda