Covid-19 - Resolvido surto no lar da Misericórdia de Serpa que provocou 15 mortos
Publicado | 2021-01-14 10:35:10
 
O surto de covid-19 que infetou 92 pessoas no lar da Santa Casa da Misericórdia de Serpa, no distrito de Beja, e provocou 15 mortos, está resolvido, revelou hoje o provedor.
 

"Felizmente, o surto está resolvido", disse à agência Lusa António Sargento, referindo os outros infetados já estão recuperados.

De acordo com o provedor, o lar vai ser desinfetado no domingo, às 17:00, "seguindo o protocolo que se cumpre em todos os lares atingidos por surtos" de covid-19.

No domingo, acrescentou, os utentes do lar vão ser transferidos para a Zona de Concentração e Apoio à População (ZCAP), situada no Pavilhão Municipal dos Desportos, na cidade de Serpa, onde ficarão alojados durante o tempo necessário para a realização da desinfeção.

O surto no Lar de S. Francisco infetou 92 pessoas com o vírus que provoca a doença covid-19, nomeadamente 75 utentes - 15 dos quais morreram - e 17 funcionários.

O primeiro caso de infeção confirmado no lar foi o de um funcionário, que, após começar a ter sintomas, fez um teste de despiste do vírus da covid-19, cujo resultado positivo foi conhecido no passado dia 24 de novembro.

Lusa

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda