Covid-19 - Total de casos no surto do lar de Mértola sobe para 72
Publicado | 2020-12-29 10:08:04
 
O número total de infetados no surto de covid-19 no lar da Santa Casa da Misericórdia de Mértola (SCMM), no distrito de Beja, subiu para 72, estando três internados, disse hoje à agência Lusa o provedor.
 

Na segunda-feira foram feitos testes rápidos de despiste do vírus que provoca a doença covid-19 a várias funcionárias do lar, o que permitiu detetar mais quatro infeções, explicou o provedor da SCMM, José Alberto Rosa.

A confirmação dos novos quatro casos fez subir o total de infetados de 68 para 72, entre os quais há 52 utentes e 20 funcionárias, precisou, referindo que, atualmente, dois idosos e uma funcionária infetados estão internados no hospital de Beja.

Os restantes 50 utentes infetados estão alojados na Zona de Concentração e Apoio à População (ZCAP) de Mértola, criada no Pavilhão Desportivo Municipal da vila, e as outras 19 funcionárias infetadas encontram-se a recuperar em casa.

Atualmente, a "grande dificuldade" da SCMM "é conseguir mão-de-obra para assegurar a assistência e os cuidados aos idosos" do lar, porque "as 20 funcionárias infetadas são as que tratam diretamente dos utentes e não é fácil substituí-las", e também há outros funcionários que não estão a trabalhar por estarem em isolamento profilático em casa.

Para "colmatar a lacuna de recursos humanos", a SCMM fechou os seus centros Infantil e de Atividades de Tempos Livres, situados na vila de Mértola, para os respetivos funcionários poderem dar apoio ao lar, que também está a contar com a ajuda de uma equipa de 10 pessoas contratada pela Segurança Social e pela Cruz Vermelha Portuguesa e de alguns voluntários.

No entanto, os recursos humanos disponíveis atualmente são "insuficientes", vincou o provedor, apelando à ajuda de mais pessoas, que, "dentro do possível", queiram juntar-se em regime de voluntariado à equipa de colaboradores para dar apoio na prestação de vários serviços no lar, como os de cuidados aos utentes, limpeza, cozinha e lavandaria.

Por outro lado, devido ao surto, o consumo de equipamentos de proteção individual "está a ser enorme" e a SCMM apela à solidariedade da comunidade para doação de máscaras, viseiras, luvas, desinfetante, fatos de proteção, toucas e cobre sapatos.

Os donativos de equipamentos de proteção individual devem ser entregues na Unidade de Cuidados Continuados da SCMM, situada no 1.º andar do edifício do Centro de Saúde de Mértola.

"Quem não poder ajudar destas formas, pode fazer um donativo financeiro", que deverá depositar na conta bancária da SCMM na Caixa Geral de Depósitos e com o IBAN - PT50 0035 0459 0000 1238230 53, disse o provedor.

Segundo José Alberto Rosa, o primeiro caso de infeção confirmado foi de um utente do lar, que começou a ter febre e foi ao hospital de Beja, onde fez um teste de despiste do vírus que deu resultado positivo.

Fonte: Lusa

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda