468 acidentes nas estradas do distrito de Beja, dos quais resultaram 37 vítimas mortais
Publicado | 2020-12-22 05:01:36
 
Mais de 620 pessoas morreram nas estradas portuguesas nos 35.704 acidentes com vítimas registados no ano passado, segundo a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), que aponta para um aumento dos desastres com vítimas, mas uma redução dos óbitos.
 

O relatório de 2019 agora divulgado pela ANSR, indica, que no ano passado 626 pessoas morreram nos acidentes rodoviários nas estradas portuguesas, que provocaram 2.168 feridos graves e 43.183 feridos ligeiros (indicadores a 30 dias).

Os dados indicam ainda que entre 2000 e 2018 Portugal reduziu 58% o número de vítimas mortais por milhão de habitantes, posicionando-se em 11.º lugar na lista dos países que mais reduziram o número de vítimas mortais, embora quatro pontos percentuais acima da média da UE28 (-26%).

No que se refere ao Distrito de Beja, em 2019 registaram-se 468 acidentes, dos quais resultaram 37 vítimas mortais, 68 feridos graves e 566 feridos ligeiros.

Os dados do Distrito referentes a 2020, até ao passado mês de Outubro tinham-se registado 300 acidentes dos quais resultaram 13 mortes, 70 feridos graves e 340 feridos ligeiros.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda