Professores em greve nacional esta sexta feira
Publicado | 2020-12-11 05:03:15
 
Os professores vão realizar uma greve nacional, hoje, sexta feira, devido ao facto, segundo a FENPROF, de que desde o início da legislatura que se insiste na necessidade de negociar várias questões importantes para os professores e para a melhoria das suas condições de trabalho:
 

um regime específico de aposentação, a recomposição da carreira docente, a reposição da legalidade nos horários de trabalho, a revisão do regime de concursos. A estas, junta-se agora a questão da segurança no trabalho e a importância de garantir a segurança sanitária nas escolas.

O presidente do Sindicato dos Professores da Zona Sul, Manuel Nobre, referiu à Planície que “o que está em causa é, desde logo, a atitude do bloqueio negocial por parte do Ministério da Educação que não está disponível para ouvir o que são os anseios as reivindicações, as propostas, as preocupações dos professores que se arrastam há bastante tempo e se continuam a agravar”.

O docente refere que “o Orçamento de Estado para 2021, prevê desinvestimento na educação e convém dizer que nos últimos 10 anos o PIB para a educação baixou de 6,3% para os actuais 3%.  O que significa que há cada vez menos recursos para o sistema educativo e depois reflecte-se nos resultados e na qualidade do ensino, no papel da escola pública e também na carreira profissional dos seus trabalhadores”.

A paralisação foi convocada pela Fenprof e abrange educadores de infância e docentes do ensino básico e secundário, seja em aulas presenciais ou ensino à distância.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda