Gastos no Natal dos portugueses diminuem 44% face a 2019
Publicado | 2020-12-10 12:04:58
 
Presentes levam grande parte do orçamento destinado para esta quadra. Portugueses a Sul do país são os que apresentam uma intenção de gastos maior.
 

Segundo dados do Observador Cetelem Natal 2020, os portugueses têm a intenção de gastar cerca de 216€ durante o período do Natal, menos 172€ do que os 388€ registados no ano anterior.

Prevê-se que a maioria deste valor (55%) seja gasto em presentes. Contudo também esta percentagem desceu em comparação com o período homólogo (menos 6 pontos percentuais). Para esta categoria de gastos, estipula-se um orçamento médio de 119€ - menos 115€ que em 2019. 

A seguir aos presentes, a mercearia é a segunda maior despesa, ainda que à  semelhança dos presentes esta categoria também tenha sofrido uma forte descida, passando de 41%  do orçamento em 2020 para apenas 36% em 2019, com um orçamento estipulado para esta categoria de 88€.

As decorações de natal são a categoria que menos irá ganhar com os portugueses, uma vez que apenas 4% pretende gastar dinheiro em decorações da época, com um orçamento médio de 9€.

Os valores mais elevados serão gastos pelas faixas etárias entre os 35 e os 54 anos, enquanto os valores mais baixos são indicados pelos inquiridos entre os 18 e os 24.

Apurou-se ainda que os portugueses tencionam gastar em média 64€ em presentes para crianças, menos 51€ do que em 2019. Já com as festividades de final de ano, os portugueses pretendem gastar em média 85€ - uma quebra de 90€.

É na região Sul que o valor médio será mais elevado, cerca de 306 €. De seguida, os inquiridos do Grande Porto, pretendem gastar 248€ e os da Grande Lisboa uma média de 188€.

No fim da tabela estão os residentes nas regiões Norte e Centro com uma média de intenções de gastos de 179€ e 172€ respetivamente.  

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda