Suspeitas de desastre ambiental no Rio Ardila
Publicado | 2015-08-13 04:40:39
 
A União de Freguesias de Moura e Santo Amador, denunciou ontem, junto do Ministério do Ambiente e Ordenamento do Território e serviços da Agência Portuguesa do Ambiente, o aparecimento de milhares de peixes mortos, no Rio Ardila, junto ao Porto de Santo Amador.
 
Segundo Álvaro Azedo presidente da União de Freguesias foi solicitado, com caráter de urgência, o desenvolvimento de investigação a este desastre ambiental, e apuramento de eventuais responsabilidades.
 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
29 30
11 12
 
 

Nome:

Email:

 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda