Cidadão Francês, residente em Moura, acusado de 182 violações e crimes de violência
Publicado | 2020-10-27 19:30:24
 
Um indivíduo de nacionalidade francesa, residente no concelho de Moura, vai ser julgado no Juízo Central Criminal de Beja por 182 crimes de violação e um de violência doméstica, ambos na forma consumada, perpetrados contra a sua companheira.
 

O arguido, de 58 anos, controlava todos os passos da mulher mantendo constante supervisão do seu salário, telemóvel e deslocações, tendo até recorrido a ameaças de morte, segundo o acordo com o despacho de acusação do Procurador do Ministério Público de Cuba.

O julgamento vai decorrer à porta fechada, perante um Tribunal Coletivo presidido pela Juíza Ana Batista.

Foi requisitado pelo MP, caso o arguido seja condenado, “as penas acessórias de proibição de contatos com a vítima e obrigação de frequência de programas de prevenção da violência doméstica, como também a expulsão do território nacional”. Avançou o site Lidador.

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda