Covid-19 - Sobe para 6 o número de mortes do surto no lar Mansão de São José em Beja
Publicado | 2020-10-27 10:17:57
 
O número de mortes do surto de covid-19 no lar Mansão de São José, em Beja, subiu para seis, com a morte de mais três utentes, disse hoje à agência Lusa fonte da unidade local de saúde.
 

As três utentes tinham 85, 96 e 99 anos e estavam internadas em enfermarias da área dedicada à covid-19, situada no piso 3 do Hospital José Joaquim Fernandes, em Beja, precisou a fonte da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA).

Segundo a fonte, atualmente, há 10 utentes do lar internadas em enfermarias da área dedicada à covid-19 do hospital.

O surto no lar Mansão de São José foi confirmado no dia 14 deste mês, depois de utentes e funcionários terem sido testados à presença do novo coronavírus que provoca a doença covid-19 e na sequência da confirmação de dois casos positivos, de uma utente e de uma funcionária.

O primeiro caso detetado no lar foi o de uma utente de 89 anos, que deu entrada no dia 12 deste mês no Serviço de Urgência do hospital de Beja, onde fez um teste de despiste da covid-19 que deu resultado positivo e foi internada.

Após ter sido detetado o primeiro caso, foram feitos testes de despiste aos restantes utentes e funcionários do lar, o que permitiu detetar mais 106 infeções.

Do total de 107 infetados no surto no lar, que apenas acolhe utentes do sexo feminino, seis utentes morreram e os restantes são 81 utentes e 20 funcionários.

Na sequência de uma decisão da autoridade de saúde, a maioria das utentes do lar, entre as quais duas não infetadas, foi transferida para o Centro de Acolhimento da Base Aérea N.º 11, perto da cidade de Beja.

As utentes foram transferidas com o objetivo de "descongestionar o espaço" do lar, que "aparentemente" tinha "pessoas em excesso", disse à agência Lusa o presidente da Câmara de Beja, Paulo Arsénio.

Segundo o autarca, a Câmara de Beja e a Força Aérea Portuguesa estão a prestar os serviços necessários para cuidar das utentes instaladas no centro, que tinha vindo a ser preparado desde abril "precisamente para uma finalidade com estas características".

Lusa

 



Leia esta notícia na integra na edição impressa do Jornal «A Planície»
Untitled Document Untitled Document Untitled Document
20 19
13 11
 
 
 
 
 
 
 
 
Untitled Document
 
    © 2015 - Sociedade Editorial Bética, Lda